Projeto da Owens-Illinois com a Coopernova vai ampliar de 60 para 90 toneladas de coleta por mês
As cidades de Cotia, Granja Viana e Vargem Grande, em São Paulo, terão prioridade na coleta e reciclagem de vidro, que será feita pela Coopernova Cotia Recicla, num projeto com o apoio da Owens-Illinois, fabricante de embalagens de vidro.
O vidro é um 100% reciclável e pode ser transformado infinitas vezes, sem perdas. A cada seis toneladas de vidro reciclado, deixa-se de emitir, em média, uma tonelada de dióxido de carbono (CO2), e a cada tonelada do material reciclado evita a extração de 1,2 tonelada de matérias-primas virgens, como areia, calcário e carbonato de sódio.
O projeto visa estimular a coleta do material e a reciclagem e conscientizar a população sobre a importância de dar o destino correto ao vidro, economizando matéria prima e preservando o meio ambiente.
Um triciclo vai auxiliar no processo de coleta das embalagens de vidro, feitas em bares, restaurantes e condomínios na região.
“A venda da matéria-prima recolhida pelas cooperativas, para a indústria de reciclagem, traz vantagens e ganho de eficiência para todo o ecossistema circular do vidro. É preciso expandir a coleta exclusiva de vidro e apoiar projetos inovadores de micrologística que ajudem o consumidor final a destinar corretamente suas embalagens”, disse Alexandre Macário, gerente de Economia Circular da Owens-Illinois.
A Cooperativa Cotia Recicla coleta mensalmente 250 toneladas de vidro, plástico, papel, metal, resíduo eletrônico, isopor e PVC (só de vidro são 60 toneladas). Com o novo projeto, serão 90 toneladas, ampliando a geração de renda para a comunidade.